Economic and productive analysis of irrigated rice crops using a multicase study

Fuente: Pesquisa Agropecuária Brasileira
Abstract: The objective of this work was to evaluate the relationship between grain yield and production costs of flood-irrigated rice (Oryza sativa) in the state of Rio Grande do Sul, Brazil, in order to determine the yield range that maximizes the profit of farmers. There are estimations pointing out that the yield range that maximizes the profit for farmers is about 75 and 85% of the yield potential; however, this still needs to be validated for irrigated rice in Brazil. To validate these values, a technical and economic monitoring was carried out for eight farmers of irrigated rice, whose production costs were measured and compared with the mean yield and the percentage of potential yield achieved. To determine the potential yield of each crop, SimulArroz, a process-based model developed for the simulation of rice growth and yield in the South of Brazil, was used. The grain yield achieved by the farmers ranged from 6.3 to 11.0 Mg ha-1 (48 to 83% of the potential yield), costs ranged from R$4,197.00 ha-1 to R$6,227.00 ha-1, and profit ranged from R$-52.00 ha-1 to R$3,599.00 ha-1. Farmers who reach between 69 and 83% of yield potential achieve the highest profitability. The investment planning based on the yield potential calculated by the SimulArroz model can be efficiently adopted for irrigated rice crops.Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a relação entre a produtividade de grãos e os custos de produção de lavouras de arroz (Oryza sativa) irrigado por inundação, no estado do Rio Grande do Sul, Brasil, para determinar a faixa de produtividade que maximiza o lucro do produtor. Existem estimativas de que a faixa de produtividade que maximiza o lucro para os agricultores é de cerca de 75 a 85% do potencial de produtividade; porém, isso ainda precisa ser validado para a cultura do arroz irrigado no Brasil. Para validar esses valores, foi realizado um acompanhamento técnico-econômico para oito produtores de arroz irrigado, cujos custos de produção foram determinados e comparados com a produtividade média e a percentagem da produtividade potencial atingida. Para determinar o potencial produtivo de cada lavoura, utilizou-se o SimulArroz, um modelo, baseado em processos, desenvolvido para a simulação do crescimento e da produtividade de arroz no Sul do Brasil. As produtividades atingidas pelos produtores variaram de 6,3 a 11,0 Mg ha-1 (48 a 83% do potencial de produtividade), os custos variaram de R$ 4.197,00 ha-1 a R$ 6.227,00 ha-1, e o lucro variou de R$ -52,00 ha-1 a R$ 3.599,00 ha-1. Produtores que atingem entre 69 e 83% do potencial produtivo alcançam maior lucratividade. O planejamento de investimento com base no potencial produtivo, calculado pelo modelo SimulArroz, pode ser adotado eficazmente nas lavouras de arroz irrigado.